Prazer, Outono.

Atualizado: Fev 17

Oliver adquiriu um dom espetacular, ele podia determinar quando ia chover, fazer sol, frio ou calor.

Isso havia acontecido depois de ter ficado o final de semana todo assistindo Drake & Josh, não sabia o que isso tinha a ver, mas enfim, aconteceu, do nada lá estava ele controlando o tempo ao seu redor.

“Que poder inútil, não posso nem voar pela janela...”. Pensava consigo enquanto olhava para o dia perfeito lá fora detrás de sua mesa no escritório, onde uma verdadeira cordilheira de papeis o cercava e ria dele em silêncio.

A sala tinha ar condicionado, seu poder era inútil agora. Se bem que, de um modo geral, não conseguia achar uma utilidade para seu poder. Ele nem mesmo era capaz de tirá-lo daquele cárcere no escritório... A não ser que ele fosse capturado pelo governo, sendo usado como alguma arma militar e, depois de alguns anos, seria dissecado e colocado num potinho... “Ok, vamos tirar essa ideia da cabeça!”, franziu o cenho ao pensar em sua cabeça boiando em algum vidro de palmito na área 51.

Entre uma e outra suspirada, ele olhou pela janela... A rua era sempre a mesma, mas não hoje... Uma moça que nunca havia visto ali, estava saindo com o uniforme da quitanda da esquina, ela sorria e levava as sacolas de uma senhorinha mal-humorada até um carro.

“Quanta falsidade...Quer ver? Ela vai fazer careta quando virar!”. Oliver esperou, mas o sorriso da moça não se esvaiu.

“Isso é mais bizarro que o meu poder, como ela consegue trabalhar em um emprego desses e continuar sorrindo?”.

FIM

Um monólogo sobre essa história...

O Outono é conhecido por ser a época do ano em que as folhas das árvores começam a ficar amareladas e a cair. Contudo, não podemos nos esquecer que também é conhecida como a estação das frutas, e assim é a vida da jovem da quitanda, mesmo com um emprego ruim e amarelado como aquele, continuava dando seus frutos, sua alegria.

Até um poder extraordinário como mudar o tempo, se torna ínfimo perto do que aquela jovem conseguia produzir. Ela é apenas a representação de tantas outras milhares de pessoas que mesmo em meio as dificuldades conseguem produzir seus frutos.

Foi exatamente isso que quis passar, agora, lembre-se: não existe uma interpretação errada. A história é viva e você pode interpretá-la como quiser. Encontre lições, e outros tesouros escondidos que passaram despercebidos até por mim! Esse é o meu convite a você.

Obrigada,

Tati de Mira




8 visualizações

 

Copyright ©  2018 - 2021 Tati de Mira 

Email: contato@tatidemira.com |

Redes Sociais: tatidemira